quarta-feira, 6 de março de 2013

Catching Feeling cap.1


"E o prêmio de maior decepção do ano vai para … Mim. Parabéns por ter sido tão cega."




   *Lizz on*


Iaê gente, meu nome é Lizza Simpson, mas os íntimos me chamam de Lizz, tenho 22 anos de idade. São exatamente 17:00 p.m, e estou aqui no elevador do prédio onde meu namorado o Pedro mora, sai mais cedo do trabalho hoje, conseguir duas entradas pra boate mais FODA da cidade, as entradas esta sempre esgotadas. Uma pequena surpresinha pra o Pedro que é louco pra ir lá.

A porta do elevador se abriu e segui ate o AP. cheguei na porta mas antes de bate, ouvir barulhos vim de dentro do apartamento. Verifiquei a porta e ela estava apenas encostada, abri e fui entrando devagar, Vi a porta do quarto que estava escancarada. 

Minha boca foi se formando em um ‘O’ perfeito, ao ver aquela cena nojenta na minha frente. Bom, digamos que não é todo dia que se ver seu namorado na cama com outra ou será que sim? ...

- batendo palmas- nossa vocês são incríveis, não sabia que existia essa posição. –falei pendendo a cabeça pra o lado-

-LIZZA! –disse Pedro surpreso-

- Meu nome! –disse levantando a cabeça- vocês deveriam ser contorcionistas, olha essa elasticidade cara. –disse irônica-

- Quem é você? –disse a vadia se enrolando no lençol-

-Bom que eu saiba até alguns minutos atrás a namora desse ser que estava trasando com você agora! –disse arqueando uma sobrancelha -

-Lizza e...eu posso explicar! –disse o Cretino se embaralhando todo-

-Imagina! não quero incomodar, não se preocupem podem continuar – disse virando as costas- AH Pedro passei aqui pra dizer que consegui as entradas pra aquela boate fodástica que você tanto queria ir, mas acho que você vai estar ocupado com essazinha ai NE? –disse debochada mostrando os ingressos-

-n...não Lizz... –o interrompi-

-continuem, Divirtam-se –disse já passando pela porta- e a propósito Pedro nem preciso mencionar que tá tudo acabado NÉ. -sai batendo a mesma-

- ARG, cretinos! –sussurrei indo até o elevador-

Respirei fundo enquanto minhas costas escorregavam nas paredes metálicas do elevador, colocando uma das mãos na cabeça enquanto meus dedos deslizaram entre meus cabelos, tentando assimilar tudo que vi e agradeci mentalmente por estar sozinha naquele elevador. Respirei fundo mais uma vez e peguei meu celular na bolsa discando em seguida o numero do Justin.

*Ligação ON*

-Mr. SWAG falando! –disse Justin animado do outro lado da linha-

-Iaê Biebs, tá afim de ir a Sexy BItch? –falei sem rodeios-

-TÁ BRINCANDO? É CLARO QUE QUERO! –disse mais animado ainda- Mas pera ai, você não ia com seu namoradinho? –falou confuso-

-Falou certo meu bem IA, não vou mais! –disse indiferente-

-ok, ok não sei o que aconteceu com vocês. –falou já percebendo que as coisas não está bem-  Mas adorei o convite. –completou-

-Beleza, passa lá em casa as 21h00min!

-Belê, Mrs. SWAG, beijo te amo!

-te amo, até!

*Ligação OFF*

Desliguei saindo do elevador e segui até meu carro. Entrei jogando a bolsa no banco passageiro, já podia sentir as lagrimas quentes escorrer pelo meu rosto, pendi a cabeça pra trás encostando no banco quando passou um flashback lembrando de tudo que passamos durante esses três anos de namoro, poxa eu o amava, amava de verdade. Enxuguei as lágrimas respirando fundo. Liguei o rádio e dei partida a caminho de casa.

                                 

                                                                       [...]



Cá estou eu, debaixo do chuveiro cantando feita louca a música da diva Beyoncé Green light enquanto me banhava. Ouvi a campainha tocar freneticamente, peguei a toalha enrolando-me e sair saltitando para não escorregar.

-CALMA AI! –berrei após ouvir a campainha soar mais uma vez, deslizando até a porta, -

-Lizza precisamos conversar! –disse o imprestável do Pedro, com a maior cara de cú assim que abrir a porta-

-Não temos nada pra conversa! –disse rude- Olha Pedro na boa vamos poupar nosso tempo ok? –disse antes que ele abrisse a boca pra falar- Vai lá comer suas vadias e me deixa em paz!– ia fechando a porta, mas ele pós o pé impedindo que a mesma se fechasse-

- com quem você vai na boate? –perguntou-

- Não te devo explicações! –disse estridente-

-Eu sou seu namorado! –disse no mesmo tom que o meu-

-correção querido, ERA meu namorado. –disse tentando fechar a porta de novo, e de novo ele impediu-

- Lizza eu te amo! –disse com cara de cachorro sem dono-

- se você me amasse mesmo não teria me traído! –cuspi as palavras em sua cara-

- eu vim até aqui só pra conversar contigo, quero te levar na boate. –disse tentando parecer inocente-

-PEDRO CALA A PORRA DA SUA BOCA, VOCÊ ACHA MESMO QUE EU VOU CAIR NESSE SEU JOGUINHO OUTRA VEZ, VOCÊ SÓ VEIO AQUI POR CAUSA DOS MALDITOS INGRESSOS PRA DEPOIS SAIR SE GABANDO QUE LEVOU ‘’SUA’’ NAMORADA Á BOATE MAIS FODA DA CIDADE, BEM QUE TODOS ME AVISARAM PRA ABRIR O OLHO, MAS NÃO EU FUI REALMENTE MUITO BURRA EM ACREDITAR NAS SUAS PALAVRAS. ME POLPE DE SUAS HIPOCRESIA E ME DEIXA EM PAZ CARALHO!! – gritei já irritada conseguindo dessa vez fechar a porta-  

- LIZZA, ABRI ESSA PORTA PORRA! -Ele começou a bater a porta novamente-

- VÁ EMBORA! –berrei dando um soco na porta-

-AAAAAARG! –ele rosnou chutando uma lata de lixo no corredor-

- Idiota, idiota! –resmunguei, enxugando algumas lágrimas teimosas-

   Voltei para o banheiro batendo o pé, esbarrando em tudo que tinha pela frente e continuei meu banho.


# 30min depois#


- Cry me a river, (Go on and just) Cry me a river girl, (Go on and just) Cry me a river (Baby go on and just) Cry me a river girl  -  cantarolei um trecho da musica cry me a Rive, enrolada na toalha saindo do banheiro.-

Fui até meu closet e escolhi minha roupa. Vesti-me, sequei meu cabelo e fiz uma maquiagem. Me fitei no espelho de corpo inteiro botando por fim meus acessórios.

-você tá diva gata! –disse pra mim mesma, me alto avaliando no espelho-




plim dom ,plim dom

Ouvi a campainha soar, e fui abri a porta. E lá estava Justin parado com uma das mãos escorada no batente da porta magnificamente lindo. Certo que ele é meu melhor amigo, mas não posso negar que ele é maior gostoso, mas quem disse que vou dizer a ele? Pra depois ficar que nem convencido, como sempre é?






-hum, tá menos feio do que o normal! –disse o provocando-

-quando você vai confessar que sou mô gostoso?  –disse fazendo uma voz sexy arqueando a sobrancelha-

-que tal nunca? –disse piscando-

- NEVER SAY NEVER, Lizinha –disse piscando de volta -

-Você que mesmo me irritar? –disse cruzando os braços-

Ele sabe que eu odeio quando me chamam de Lizzinha, soa tão falso e eu odeio falsidade!

-Lizzinha, Lizzinha! –disse me pirraçando, me abraçando e depositando beijos estalados na bochecha-

- Idiota! –disse rindo fraco- vou pegar minha bolsa antes que eu acabe com sua cara.

Ouvi a risada dele enquanto pegava minha bolsa. Tranquei a porta logo seguindo para o elevador.

- AH Lizz vamos de escada por favor! –Justni implorou quando me viu chamar o elevador-

- AH não Biebs, eu não vou descer 5 andares com esse salto. –falei entrando no elevador assim que abriu as portas- Vai vim ou não?

- Ok, ok! –resmungou entrando também-

Assim que as portas se fecharam vi ele prender a respiração e apertar os olhos. Ri pelo nariz pegando sua mão e apertando.

- Relaxa Biebs! –disse abraçando sua cintura-

Alguns segundos depois as portas do elevador se abriram, saímos e Justin soltou o ar relaxando os ombros, me soltei de Jestin e fui saltitando até a portaria.

- IAÊêê Sr. Jhonson! -cumprimentei Sr. Jhonson o porteiro, sorridente me debruçando no balcão-

-Boa noite Srt. Simpson! –disse gentio, virando o rosto pra que eu depositasse um beijo estalado em sua bochecha como sempre faço-

- Iaê Sr. Jhonson, estamos ganhando?  -Biebs perguntou sobre o jogo dos Lakers que passava na TV, se 
aproximando de nós-

- 90x75 a nosso favor! –respondeu o Sr. Vidrando os olhos na pequena TV-

- ISSO AÊ GAROTO! –comemorou Biebs após a jogada de uns dos jogadores-
-
 Anda Biebs, quero chegar logo! –disse arrastando ele para fora- Tchau Sr. Jhonson! –gritei já da saída-

-Divirtam-se! –ouvi ele dizer-

  Fomos até o carro do Biebs, coloquei o cinto ligando o rádio, mas antes que desse a partida ele me encarou e eu já sabia o que ele queria dizer.

- Sim, eu quero mesmo ir. Quero me divertir com ou sem ele. –respondi mesmo antes de ele perguntar-

- Tudo bem! –respirou fundo ligando a ignição da sua Range Rover- LET’S GO! –gritou feito louco aumentando o som do rádio-

Começamos a cantar -sweet child o’ mine – Guns N Rose- feitos completos loucos que somos. É incrível como Justin consegui me animar nos dias que eu não estou nada bem.



***

Continua com 5 comentários


Hey mesninas! Ai está o 1° cap. espero que vocês gostem, eu li e reli esse cap diversas vezes pra sair bem legal. E uma salva de palmas pra minha Net que ajudou pra que eu postasse.
e queria dizer que estou realmente bem triste pela morte do Chorão (Charlie Brown Jr.) eu me coloco no lugar dos fãs e deve ser realmente uma dor imensa. Bom força aos fãs e familia CBJ.

Fale cmg no face~~> Beek Oliveira
Dúvidas ou perguntas sobre mim vai lá ~~>Ask
Me segue? ~~> Twitter

BiebersKiss amoritas! fiquei todas com Deus e não esqueçam COMENTEM please!


By: Beek  




7 comentários:

  1. Continua ta perfeito ^^

    ResponderExcluir
  2. Ahhh! Adoreei o primeeiro cap! Continua kráa, XOXO

    ResponderExcluir
  3. Ameiiiiii Contiinuaaa Como Sempree Vc Sempree Surpreendendoo Ner

    ResponderExcluir
  4. ameei ta perfeeito ! continua loggo beeijos :pp

    ResponderExcluir
  5. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH PERFEITO DEMAIS VÉI ! CONTINUA PELO BIEBER AMADO !

    ResponderExcluir
  6. Ahhhhhhhhh amei continua gata da laje!
    By: Mirelly

    ResponderExcluir
  7. Wooow! Muito perfeito, namoralzinha, tá com a maior cara de que vai ser foda !!

    ResponderExcluir